domingo, 27 de novembro de 2011

Furações em paredes.

                                                                                                                    

Quando você precisar fazer um furo na parede para pendurar algum objeto decorativo, fixação de suportes para prateleiras, fixação de suportes para Tvs, fixação de ganchos para redes,etc, observe algumas regras de segurança:
. Se for utilizar uma bucha nº 8, por exemplo, a broca será a nº 8, porém você deverá fazer um furo guia com uma broca de nº 7 e depois alargar o furo com a broca nº 8.
A razão do furo inicial com uma broca de nº menor, se deve ao fato que a broca tende a desviar e a furadeira segura na mão não tem um apoio firme.
Ao fazer o 2º furo, a broca fará um furo perfeito;

. Se o furo estiver bem feito, você não conseguirá enfiar a bucha, empurrando só com o dedo. Você terá que utilizar um martelo. A bucha entrará sob pressão e quando o parafuso for aparafusado a fixação será excelente.

. Sempre utilize buchas e parafusos adequados ao peso do objeto a ser pendurado.

. Sempre utilize buchas de acordo com o tipo de parede (parede de alvenaria, parede de gesso cartonado, parede de concreto, parede de tijolo oco, parede de tijolo maciço). O logista costuma ter manual para consulta do melhor tipo de bucha e parafuso. Se você tiver duvídas pergunte a um especialista ou pesquise na internet.

. Se o objeto a ser pendurado, sofrer ações mecânicas por movimentações, por segurança você deverá utilizar arruelas de pressão ou produtos específicos para travamento da rosca do parafuso e porcas.

. Parafusos para fixação externas e expostos a maresia e chuvas deverão ser de aço inox.

. Uma vistoria periódica é aconselhável.

. Utilize o nível de bolha para assegurar o perfeito nivelamento. Não confie no seu golpe de vista. A diferença de alguns milimetros é praticamente imperceptível ao olhar.


Tenha um dia iluminado !


Autor do texto: Gilson Carlos Pessanha

MyFreeCopyright.com Registered & Protected



PageRank



Nenhum comentário:

Postar um comentário