quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

Como se tornar um profissional liberal de Suce$$o

Olá nobres amigos e iluminados leitores do Blog do Gilson Eletricista.

Você estudou, e vem se preparando a longos anos para exercer sua profissão e agora que você está desempenhando sua atividade com fins lucrativos, você percebe que outros profissionais e até mesmo colegas que estudaram com você, com menor capacidade e preparo intelectual, estão tendo rendimentos financeiros maiores que os seus.

Se você chegou até esta etapa você, sem dúvida, é inteligente.


O problema é que as faculdades e cursos despejam todos os anos centenas de pessoas tão inteligentes e competentes quanto você.

Como se destacar nesta acirrada competição pelos clientes e estar sempre a frente de seus concorrentes ?


A palavra chave é criatividade.


Sendo criativo você será diferente e sendo diferente você se destacará dos demais.


Criatividade:
Numa multidão de pessoas usando camisas vermelhas, qualquer pessoa que usar uma cor diferente atrairá o olhar e atenção de todos.

A cor, o formato, o som, o modo de falar, são pequenos detalhes que te darão destaque perante seus concorrentes.


Exemplos:
Se você é um profissional que dá consultas médicas e utiliza um receituário numa folha branca, mude a cor desta folha. Saia do padrão comum da cor branca.

Se você é um dentista de crianças, invista na compra de qualquer tipo de vídeo-game e instale-o em sua recepção. A garotada vai adorar e até pedirão para ir ao dentista.

Se você é um dentista de adultos, instale um head-phone com transmissão sem fio, para acalmar a tensão do paciente que está sentado em sua cadeira. As músicas clássicas são as melhores.


Se você é uma nutricionista, tenha sempre uma amostra de doces ou saladas, ou sucos para oferecer aos seus clientes, após a consulta.


Se você é um vendedor de rua, use um traje diferente. Aqui no Rio de Janeiro, um vendedor de amendoim, se traja de terno e gravata e chama a atenção de todos com seus gritos. Um outro vendedor de abacaxis, fez uma roupa de abacaxi e fez um enorme sucesso nas praias, sendo até chamado de homem abacaxi.

Se você é um animador de festas infantis, divulgue seu trabalho, caracterizado de palhaço, nas portas das creches e escolas infantis.



Estes foram alguns exemplos de algumas profissões, mas ninguém melhor que você para criar e inovar em relação a sua profissão, afinal de conta você além de ser inteligente dispõe do melhor computador do mundo para te ajudar nesta tarefa: o seu cérebro.


Outras medidas complementares serão de grande valia.


Parcerias:
Faça uma rede de relacionamento profissional (Network).

Pessoas, firmas, fornecedores, fabricantes, distribuidores, etc...

Por exemplo:
Se você é um personal trainer, sugiro a seguinte rede: uma nutricionista, uma academia de ginástica, uma loja de suplementos alimentares, um médico clínico, um médico cardio, um laboratório de análises, um fabricante de materiais esportivos.

Nesta rede você indicará e será indicado de forma exclusiva.

A união faz a força e juntos, todos serão beneficiados.

A propaganda boca a boca é a preferida pelos clientes.


Aperfeiçoamento:
Você sempre que possível deverá estar se aprimorando e se aperfeiçoando nas últimas novidades em sua área profissional.

Exemplo:
Uma esteticista com mais de 70 anos de idade contou-me que apesar da idade ser um fator discriminador, ela nunca ficou sem clientes porque assim que é lançado um novo aparelho no mercado cosmético, ela faz o curso e aluga ou compra o aparelho; vai a todas as feiras, seminários e congressos e está sempre antenada nas últimas pesquisas no mundo. 


Postura:
O profissional deverá ter sempre uma postura compatível com sua profissão.

Exemplos:
Se você é um professor de surf, o seu local de trabalho é a praia, seus clientes são adolescentes e suas roupas serão a bermuda, camiseta, chinelos. O seu linguajar terá as gírias da moda.

Se você é um advogado, o terno e a gravata farão parte da sua vida como uma segunda pele. Até nos finais de semana, você se sentirá estranho sem o terno.
O linguajar deverá ser o mais correto possível e o uso de gírias e palavrões não poderão fazer parte do seu vocabulário cotidiano.

Se você é um comerciante o sorriso, a atenção e a preocupação em bem servir seus clientes deverá ser constante. Mesmo naqueles dias em que você não está de bom humor por algum motivo pessoal.


Aparência:
Alguns empregadores veiculam anúncios em que a boa aparência é fundamental.

 Esta boa aparência exigida é uma discriminação racial velada, onde não serão aceitos negros.

A boa aparência a que me refiro é roupas limpas, asseio corporal, cabelos penteados, barba feita, etc..


Organização:
Sua agenda deverá ser organizada. 

Você deverá ter um cadastro de todos os seus clientes com o máximo de informações pessoais.

 No seu celular os seus contatos deverão estar cadastrados para que antes de atender uma ligação você já saiba o nome do seu cliente cadastrado.

 O atendimento deverá ser não o tradicional ¨alô¨ e sim ¨Bom dia Sra.(nome do seu cliente). 

Os clientes gostam de serem tratados pelo nome.

 Alguns ficarão admirados com seu atendimento diferenciado.

 Se a ligação não está cadastrada é porque é um novo cliente. 

Ao invés de dizer ¨alô¨, ¨alô¨, ¨Queria falar com (seu nome)¨, ¨é ele¨, diga: ¨seu nome e profissão + bom dia¨.

 Você já estará se identificando e o assunto já poderá se iniciar.

 Afinal, tempo é dinheiro para ambas as partes.


Brindes:
Todo cliente gosta de ganhar um brinde por mais simples que seja.

Existem milhares de tipos de brindes e custos.

Qualquer que seja o brinde escolhido, lá estarão o seu nome, atividade e telefone para contato.

Os imãs de geladeira são excelentes porque ninguém perde o seu telefone.

Os calendários e folhinhas após um ano são descartados.

Bonés e camisetas te darão muita visibilidade.


Faturamento mensal ou tipos de clientes:
É muito importante você decidir quanto pretende ganhar por mês, porque isto também definirá para quem você irá prestar os seus serviços - classe A, B, C.

Não fique preso a faixa de mercado, nem faça preços abaixo de seus concorrentes para conquistar faixa de mercado.

Trabalharei muito e ganharei pouco, trabalharei muito e ganharei muito ou trabalharei pouco e ganharei muito ? 

Você é quem decidirá.

Exemplo:
Quero ganhar R$12.000,00 por mês.

Quanto terei de ganhar por dia: R$12.000,00/20 dias úteis= R$600,00

Quanto terei de ganhar por hora: R$600/8 horas= R$75,00

Obs:
Se o seu trabalho é realizado em uma hora, este será o seu preço mínimo.

Se o seu trabalho é realizado em 30 minutos, R$37,50 será seu preço mínimo.

Não se preocupe se os seus concorrentes fazem o mesmo trabalho por R$10,00 você irá trabalhar para clientes que gostam do seu trabalho, gostam do seu atendimento e podem pagar os seus preços.

Eu costumo dizer para aqueles que reclamam dos meus preços: ¨Você não ficará pobre e eu não ficarei rico¨.

Inicialmente, você terá poucos clientes, porém você pouco a pouco entrará numa classe econômica mais alta. 

O amigo do rico é da mesma categoria econômica e seus serviços serão indicados nesta categoria.

Conheço professores de ginástica e musculação que cobram R$20,00 por hora de trabalho e vivem reclamando que ganham pouco em relação a outros que ganham R$100,00.

 Cuidado com a inveja dos outros e cuidado para não se tornar um invejoso também.


Diferencial no atendimento:
Se você após ter calculado qual o valor mínimo de seus honorários profissionais, observar que seus preços estão acima da faixa de mercado, seus clientes serão da classe média, média alta ou ricos.

Para estas classes o atendimento, a confiança, a discrição e o respeito pessoal são qualidades muito admiradas e valorizadas.

Procure oferecer um diferencial no seu atendimento em relação a seus concorrentes.

Exemplo: 
Se você é um personal dancer, que é contratado para acompanhar uma dama em bailes e dançar exclusivamente com ela, ofereça apanhá-la e levá-la em casa com seu carro ou com táxi.

 Os custos extras destes oferecimentos, serão incluídos em seus honorários e quem pagará estes mimos será a própria contratante.

Conheço dançarinos que cobram R$100,00 por 2 horas de danças (ingresso, comida e bebida por conta da contratante). 

Trabalhando aos finais de semana com a mesma contratada ou com várias contratadas, ele consegue uma renda de no mínimo R$1200,00 líquidos.

 Já outros cobram R$30 e ficam reclamando que ganham pouco.


Propaganda:
A sua melhor e principal propaganda será a propaganda ¨boca a boca¨.

Entretanto você deverá utilizar todas as formas de propaganda que puder.

No seu prédio, na sua rua, no seu bairro, a maior parte das pessoas deverão saber da sua atividade profissional.

Hoje em dia nós não conhecemos nem o nosso vizinho que mora ao lado de nossa casa, mas comercialmente e profissionalmente isto não deve ocorrer.

Providencie a impressão de alguns milheiros de prospectos e faça a distribuição nos prédios ao seu redor.

Coloque seu anuncio grátis em jornais de bairro.

Coloque seu anuncio na internet.

Se você tem um carro coloque um adesivo nos vidros com sua propaganda.

Se você tem dois carros, use um deles exclusivamente para seus trabalhos.

Mande pintar seu logotipo, nome, atividade e telefone, e-mail para contatos.

Faça uma gravação em um pen-drive e conecte-o no sistema de som do carro.

Ponha para funcionar  sempre que for se deslocar ou quando estacionar o veiculo.

O volume do som não deverá ultrapassar os níveis permitidos.


Disciplina:
Você será seu próprio patrão. Você é quem estabelecerá seus cronogramas e número de atendimentos a serem cumpridos.

Quando você era funcionário e ficava levemente resfriado, você pegava um atestado médico e não ia trabalhar.

Esqueça esse hábito. 

Enquanto você tem poucos clientes, todos os dias você terá que sair e ¨capturar um leão¨.

Se você não encontrar nenhum, terá que ¨ir até a toca e puxá-lo pelo rabo¨.


Competividade:
Se os seus índices de faturamento estiverem subindo a cada mês, não se preocupe com seus concorrentes.

Você está conquistando clientes e eles perdendo espaço.

Porém, se os índices estiverem estáveis ou, o que é pior, se estiverem descendentes, faça urgentemente uma reavaliação de seus métodos e estratégias traçadas.


Visão empresarial:
Um curso de MBA, independente da sua área de atuação, lhe dará uma visão de empresário.

Se você crescer como autônomo, o próximo passo será o de  Empreendedor Individual e mais adiante o de Micro-empresário

Redes Sociais:
Use todas as redes sociais para divulgar suas atividades, porém cuidado com as palavras, os termos e as afirmações pessoais.

WEB:
Faça uma página exclusivamente para uso comercial de sua atividade.

Isto vai te trazer clientes e prestígio profissional em sua área.

Comentários:
Este post é antigo e já foi lido por milhares de leitores.

Agora, em 2017, ele continua mais atual do que nunca, devido a imensa crise no Brasil.

Muitos eletricistas, de várias partes do Brasil, estão há meses, sem nenhum serviço e até pensam em mudar de profissão.

Espero que este Post, possa revigorar seus ânimos e renovar suas estratégias de trabalho x clientes.

Lembre-se:
Fé - Paciência - Perseverança.







Autor do texto:
Gilson Carlos Pessanha
MyFreeCopyright.com Registered & Protected

Thanks For The Comment Graphics

Siga me no Google+ Gilson Carlos Pessanha

2 comentários:

  1. Se ao menos uma pessoa, em qualquer parte do mundo tiver sido beneficiada de alguma maneira com minhas dicas, já terá valido todo o esforço e empenho dedicado a este Blog.

    Tenha um dia iluminado!

    ResponderExcluir
  2. A reprodução total ou parcial deste texto poderá ser feita desde que seja dada a fonte de minha autoria e o nome do Blog.

    Tenha um dia iluminado!

    ResponderExcluir