segunda-feira, 23 de abril de 2012

A vilã gordura trans: para entender de vez

Quem nunca ouviu falar que gordura trans faz mal para a saúde ou que é preciso prestar atenção nos alimentos industrializados que contém gordura trans, pois fazem mal para o coração ?


Impossível !  


Mesmo que você não se interesse por dicas para bons hábitos alimentares, a gordura trans passou de útil para vilã e de vilã para etiqueta, pois cada dia encontramos com mais frequência em rótulos de alimentos ¨mais saudáveis¨ o destaque para o zero% de gordura trans ou não contém gordura trans em letras garrafais. 


Quais as fontes de gorduras trans ?
As gorduras trans são produzidas a partir de óleos vegetais processados pela indústria através de uma reação química chamada hidrogenação, na qual o gás hidrogênio é borbulhado no óleo vegetal (de milho, girassol, etc...), reage com ele e fica incorporado à estrutura química do óleo, e é ai que ocorre a mágica: a presença de mais hidrogênio na estrutura da gordura muda as suas características e estas viram algo que conhecemos comercialmente como margarina, uma gordura mais grossa e saborosa, ideal para dar sabor e consistência a alimentos industrializados.


Riscos da gordura trans para a sua saúde
Artérias, veias e coração são os primeiros a reclamar da gordura trans, isso porque o excesso de gordura trans na dieta reflete em 3 consequências principais:


- Aumento do nível de colesterol total no sangue.
diretamente proporcional a presença de gordura trans, reflete em maior risco de contrair doença cardíaca coronariana.


- Aumento do nível de colesterol ruim (LDL).
 relacionado à ocorrência de aterosclerose e, portanto, a rompimentos de vasos sanguíneos ocorridos em infartes e AVCs (derrames cerebrais).


- Diminuição do nível do colesterol bom (HDL).
desentupidor dos vasos sanguíneos, o HDL retira as placas de gordura que se acumulam nas paredes internas dos vasos.


Como evitar a gordura trans ?
Para evitar a gordura trans esqueça os alimentos gordurosos como doces e confeitos (bolos, biscoitos tipo waffer, cream craker e donnuts, tortas, etc...), bolachas recheadas, sorvetes de massa, frituras feitas em casa ou lanchonetes, restaurantes e redes de fast food.


Dê preferência para o azeite de oliva e óleos de canola.


Margarinas, somente as que tenham teor reduzido ou ausência de gordura trans destacados na embalagem.


A ausência de gorduras trans virou diferencial de qualidade, por isso os produtos que não a contém normalmente destacam isso na embalagem.




Fique de olho nos rótulos na hora de compra !
























Fonte:
http://blog.multivegetal.com
www.jornalopcaonatural.com.br




Nenhum comentário:

Postar um comentário