sexta-feira, 15 de junho de 2012

Os micro-organismos e a sua saúde

Se você acha que cuidados com a higiene é bobeira, está na hora de mudar de opinião.


Micro-organismos como bactérias e vírus, se acumulam por toda parte e podem trazer diversas doenças.


Você não precisa adotar os cuidados extremos do Monk - Um detetive diferente, famoso seriado da tv, que não gostava de apertar a mão das pessoas e quando era obrigado a fazê-lo, imediatamente limpava a mão com um lenço ou corria para um banheiro e lavava as mãos. Ele na verdade sofria de TOC (transtorno obsessivo compulsivo) e dentre as muitas manis que ele desenvolveu a preocupação com a contaminação pelos micro-organismos chegava aos limites da loucura e da paranoia.


Eles estão em todos os lugares ...
Gripe, resfriado, diarreia, dor de estômago.
Essas são só algumas das doenças que podem ser transmitidas de maneira silenciosa.
Culpa das bactérias e vírus presentes em todos os cantos.
Na maçaneta da porta, no telefone, nos orelhões, no ônibus, no metrô.
E como consequência, nas nossas mãos ! 
Para se proteger, lave-as sempre e saiba como agir em situações do dia a dia.


Em aglomerações:
Locais como ônibus, metrô e shoppings concentram vírus e bactérias, diz o infectologista Antonio Carlos Pignatari.
Como usamos as mãos para tudo, acabamos por infectar a maioria dos objetos.
Assim, atitudes simples, como pegar produtos no supermercado ou abrir a porta, podem oferecer riscos à saúde.
A solução para se proteger é evitar entrar em contato com áreas possivelmente contaminadas.
E quando não der para evitar, se controlar para não encostar as mãos sujas em áreas como olhos, boca, nariz e feridas.


Em banheiros públicos:
O mais recomendado é não encostar em nada diretamente com as mãos.
Use um papel para abrir portas e torneiras e acionar a descarga.
Também não sente no vaso sanitário sem colocar os protetores de papel descartáveis.
Enxugue bem as mãos ao sair.
Não vale secar na roupa.


Na cozinha de casa:
Se a bucha ou esponja for usada em bancadas e também em pratos, ela vai transferir micróbios.
Tenha uma para cada uso e lave-as em uma solução de 1 xícara de vinagre branco para 1 litro de água.


Ao apoiar coisas na bancada ou mesa, saiba que as bactérias e vírus sobrevivem por um bom tempo nestas superfícies.
Higienize-as todos os dias, principalmente se houver alguém resfriado em sua casa.


Ao lavar roupa:
Peças muito sujas, manchadas ou usadas por doentes devem ser limpas separadamente.
Existem lavadoras que têm a função ¨Ozônio¨, na qual a máquina gera o ozônio e pressuriza-o nas roupas, após o ciclo normal de lavagem. Esta ação mata tudo, que estiver nas roupas lavadas.
Ponha as roupas para secar, de preferência ao sol, logo após a lavagem, para que os micróbios não se multipliquem no ambiente úmido.


Os itens abaixo devem ser higienizados regularmente:
- Tábuas de corte e utensílios de cozinha;


- Vaso sanitário e dispositivos de descarga;


- Maçanetas das portas e puxadores da geladeira;


- Pia e torneiras da pia;


- Boxe ou banheira;


- Interruptores de luz;


- Panos de limpeza;


- Panos para secar pratos;


- Latas de lixo;


- Filtros de água;


- Bancadas de cozinha;


- Locais onde seus animais de estimação fazem suas necessidades.


Fonte:
www.vivamais.com.br














Dark Thanks For The Add Comments

Nenhum comentário:

Postar um comentário