domingo, 15 de julho de 2012

Dicas de arquitetura para pessoas com necessidades especiais

Portas e Móveis:
Portas de correr e móveis com rodízios dão mais independência para pessoas com necessidades especiais, bem como o uso de maçanetas do tipo alavanca, instaladas a uma altura de 90 a 110 cm de altura em relação ao chão.

Puxadores:
Os puxadores de porta, devem ser instalados na posição horizontal, a 90 cm de altura em relação ao chão.
As portas de correr com trilhos ou guias inferiores, não devem se projetar a superfície do piso.


Tomadas elétricas:
Quanto as tomadas, estas podem ficar entre 40 e 100 cm e os interruptores, a uma altura de 100 cm, em relação ao chão, para que fiquem ao alcance de todos.


Área de circulação e Vãos entre móveis:
A circulação entre os móveis, como a largura entre a cama e o guarda-roupas ou entre a cama e a parede, deve ter pelo menos 90 cm.
Para a passagem de cadeiras de rodas, portas ou corredores, deverão ter no mínimo 80 cm de largura.
Vãos de porta com 90 cm são o ideal.


Altura da cama e dos assentos:
A altura da cama, já com o colchão, deve ser um pouco menor em relação à altura do assento da cadeira de rodas, cerca de 46 cm de altura, em relação ao chão.
A mesma regra vale para poltronas, cadeiras e bancos, e todos estes devem ser providos de encostos.
Para sentar-se no sofá, ficará mais fácil se um dos lados não possuir braço.


Banheiros:
Nos banheiros, o ideal é prever barras de apoio ao lado do vaso sanitário e dentro dos boxes do chuveiro.
Estas barras devem ter 70 cm de comprimento e precisam estar a 75 cm do chão.


Boxe:
No boxe ainda é possível bancos fixos para facilitar o banho.
É importante também retirar colunas e armários sob os lavatórios, para facilitar a aproximação da cadeira de rodas, isto também vale para a pia da cozinha.


Torneiras:
As torneiras, tanto da pia da cozinha quanto do banheiro devem estar ao lado da pia.


Fogão e Pia:
Os fogões tradicionais podem ser substituídos por cooktops.
Para facilitar o acesso, a pia e o fogão podem estar sobre bancadas.
Para a pia, basta não instalar gabinete embaixo e para o fogão, pode ser instalado um modelo de bancada, também sem gabinete embaixo.
A altura da bancada deve ser entre 80 e 85 cm.
A torneira da pia deve ser tipo alavanca ou de acionamento com sensor.

Cozinha:
A mesa da cozinha deve ter uma altura entre 75 e 90 cm.


Armários de parede:
Os armários de parede devem estar o mais baixo possível, respeitando o limite de alcance das mãos e com os puxadores sempre na parte mais baixa.


Lavanderia:
A lavanderia deverá ter piso especial anti-derrapante, armários na mesma altura dos móveis do quarto e da cozinha e o varal deverá ser elétrico, com regulagem de altura.


Lavadora de roupas:
Para lavagens de roupas, o ideal é a máquina com abertura e comandos frontal.


Comentário pessoal:
Aqui na cidade do Rio de Janeiro, várias adaptações foram feitas visando facilitar o acesso e a locomoção de usuários de cadeiras de rodas:


Ônibus: 
Vários ônibus possuem plataforma para levantar a cadeira de rodas.


Metrô:
Todas as estações possuem dispositivos acoplados ao lado das escadas rolantes para subir ou descer o cadeirante.


Calçadas:
Todas as calçadas possuem rampas inclinadas para facilitar o acesso.


Prédios:
Todos os prédios têm rampas inclinadas para facilitar o acesso de cadeirantes e macas.


Elevadores:
Todos os elevadores, ao serem modernizados, têm o painel de comando e interfones, localizados da metade para baixo.


Táxis:
Existem táxis, com dispositivos elétricos para subir o cadeirante para o interior do veiculo.


Fonte:
M&K Arquitetura e Interiores
Contatos:
Karla Sotto - cel: 81925085
Márcia Christofoli - cel: 83716622







Autor do comentário pessoal:
Gilson Carlos Pessanha



















Goddess Comments & Graphics
Obrigado por sua
indicação e
comentário






Nenhum comentário:

Postar um comentário