terça-feira, 6 de novembro de 2012

O Eletricista e o cliente esquecido

É hora do recreio !

Este é mais um dos contos do Gilson Eletricista.
Eles poderão ser reais, fictícios, ou uma mistura de ambos.
Alegres, engraçados, tristes, irônicos e até mesmo bem ruins.
Você decidirá.
Boa leitura !

Conheci um cliente renomado advogado e escritor, o qual atendi seus inúmeros chamados por mais de 15 anos.

Infelizmente, com a idade em torno de 85 anos, ele foi acometido do Mal de Alzheimer.

A doença em seu estado inicial afetou principalmente a parte do cérebro responsável pelos registros da memória de fatos recentes e diários.

Passou a ter acompanhamento médico e uma home care foi instalada em sua própria residência.

Em um do seus últimos chamados, antes de vir a falecer, solicitou os meus serviços para substituir as fiações dos telefones, que estavam apresentando 
muito chiado e ruídos por estarem oxidadas e desgastadas pela corrosão.

Foi ele mesmo quem me contactou pelo celular.

20 minutos , após cheguei em sua residência, e recebido por sua esposa, dei início a troca dos antigos fios telefônicos por moderno cabo com 3 pares (duas linhas e uma reserva).

Logo em seguida o Dr. Moacyr apareceu e ao me ver trabalhando perguntou:

- Você está fazendo o quê ?

- Estou trocando a fiação dos telefones, respondi.

- Qual é o seu nome ?

- Gilson.

- Quem foi que te chamou ?

- Foi o Senhor mesmo, ainda a pouco.

Daqui a 5 minutos ...

- Você está fazendo o quê mesmo ?

- Consertando os telefones.

- Eu já te paguei ?

- Ainda não acabei. No final o Sr. me paga.

- Quem foi que te chamou ?

Desta vez a resposta foi dada pela própria esposa:

- Moacyr, pare de chatear o Gilson. Foi você mesmo quem o chamou. Deixe ele trabalhar em paz.

Daqui a 10 minutos ...

- Falta muito para você acabar ?

-  Falta pouco.

- Qual é mesmo o seu nome ?

- Gilson.

- Você mora onde ?

- Naquele mesmo prédio, aonde o Sr. já me viu entrar e sair várias vezes.

- Não vou te atrapalhar mais. Só gostaria que você me respondesse uma última pergunta:

- Quem foi que te chamou aqui ?

Ao terminar meus serviços, fiquei muito triste em perceber como uma mente brilhante estava sendo consumida pela doença.

Saindo do prédio, eu estava me sentindo  fisicamente esgotado e nervoso.
Se alguma pessoa na rua me perguntasse ¨Quê horas são ? ¨, eu pularia no pescoço e cravaria os dentes como um vampiro sedento de sangue.

A noite, não conseguindo dormir, resolvi telefonar para a minha Personal Psicologa Dra. Frida.

- Dra. Frida, como vai a senhora ?

- Bem, embora agora sejam 3 horas da manhã e eu ainda não ter me levantado.

- Dra. Frida, eu sei que após 5 longos anos de análise que fizemos e onde finalmente obtive alta, esta semana perdi 3 clientes que faleceram vítimas de câncer e hoje um dos meus mais antigos clientes está padecendo do Mal de Alzheimer e estes fatos me abalaram emocionalmente e psicologicamente.

- A sua mãe vai bem ?

- Sim, obrigado.

- Como você acha que sua mãe reagiria com estas mortes e doenças ?

- Não sei, mas o quê minha mãe tem a ver com meu trabalho e as mortes dos meus clientes ?

- Segundo  Sigmund Freud, tudo em sua vida está relacionado com a sua mãe.

Passe amanhã em meu consultório, que em menos de 5 anos iremos reavaliar e resolver todos os seus questionamentos e conflitos emocionais...

Comentário pessoal:
Os familiares sofrem um desgaste emocional muito grande e diário.
Uma terapia psicológica será muito útil e até mesmo necessária.
Muitos médicos e acompanhantes chegam até a fazer uso de drogas, cigarros e álcool como válvula de escape emocional.


Não quer ler mais ¨Contos do Gilson Eletricista¨ ?
Saiba que existem outros tão ruins ou até piores do que este.
Não vá até a coluna ¨Marcadores¨ e não clique em ¨Contos do Gilson Eletricista¨.
Se você ousar fazer o contrário, todos os Contos aparecerão em sequência.
Ninguém merece tamanho castigo !



Autor do texto e do comentário:
Gilson Carlos Pessanha
MyFreeCopyright.com Registered & Protected








Vampire Comments
Alguém tem mais alguma pergunta ?


Visite e curta a minha página no facebook.com/GilsonEletricista

Nenhum comentário:

Postar um comentário