domingo, 2 de junho de 2013

Eletrodutos externos em prédios antigos

Na grande maioria dos prédios antigos, as tubulações de água, gás e eletricidade, são de diâmetro pequeno e quando estragam, só há uma solução: fazer uma instalação externa com eletrodutos de PVC ou de ferro.

Ficará visualmente feio.

Posteriormente, poderá ser feito um acabamento para esconder todos estes tubos externos, o que representará uma elevada despesa extra para as contas do condomínio.

Neste prédio, a medida que os moradores são obrigados a fazer um aumento de carga, ou para substituir os antigos fios elétricos revestidos de pano e betume por novos e modernos cabos flexíveis anti-chama, não houve outra alternativa a não ser fazer uma instalação externa com eletrodutos de PVC de 3/4 de polegada, desde o PC de Luz até o quadro de luz localizado na cozinha.

Nos antigos eletrodutos de ferro com 1/2 polegada e 2 fios de pano ressecados e quebradiços, ficou inviável o aproveitamento deste caminho interno.

Além disso o acesso físico, dentro do PC de Luz, na caixa de passagem, está impossibilitada devido ao grande número de conduítes corrugados de ferro, fios desencapados e emendas com fita isolante de pano.

Este PC de Luz, precisa passar por uma urgente reforma estrutural e elétrica, porém como o custo é elevado, os síndicos e moradores vão ¨empurrando com a barriga¨.

O risco de um incêndio é enorme.

Mas voltando ao tema. veja nas fotos abaixo, como eu fiz uma nova tubulação externa com eletrodutos de PVC da marca Tigre e como eles foram fixados com abraçadeiras de metal, junto ao teto do corredor.

O apartamento é no 2º andar e o PC de Luz é no 1º andar.

Os fios de pano foram cortados e abandonados dentro do Quadro de Luz e junto a saída do relógio de luz.

Os novos cabos elétricos flexíveis utilizados foram da marca Pirelli com bitola de 10 mm². 

Na pequena construção na parte anexa ao prédio está localizado O PC de Luz.
Ao fundo estão os eletrodutos externos já instalados, e é por este caminho que eu vou ter instalar o eletroduto do apartamento do 2º andar.


Aqui vemos a parte externa do teto do PC de Luz.


Parece uma cachoeira de tubos...

Isto não parece , mas é um PC de Luz.
Ao fundo está a principal caixa de distribuição de todos os apartamentos.
Não há espaço físico, sequer para chegar perto, quanto mais para puxar os novos cabos elétricos.
Além do fato que os eletrodutos originais serem de 1/2 polegada.



No teto do PC de Luz, fiz um furo para atravessar a lage.
Este furo não foi feito em qualquer local.
Primeiro eu medi por baixo e depois transferi para a parte de cima, porque já era grande o número de eletrodutos por baixo e por cima.



Para vedar e lacrar o furo em torno do eletroduto, utilizei este adesivo epóxi de alta resistência.
A chuva já estava para cair e eu não poderia deixar a água se infiltrar e ser conduzida em cima dos fios e relógios dentro do PC de Luz.


 Retire o pó ao redor do furo.

 Misture as partes diretamente no piso com uma espátula.




 Na parte de baixo, instalei uma caixa de passagem para facilitar a passagem dos 2 cabos e também para uma futura passagem de circuitos tri-fásicos (4 cabos).

Para fazer as conexões de tubos, luvas e curvas utilizei uma tarraxa rápida de 3/4 de polegada.

 Apliquei uma camada de fita teflon nas conexões que iriam ficar expostas ao tempo (chuva).
A água da chuva não tem pressão para se infiltrar na rosca, mas seguro morreu de velho...


Novamente tive de fazer um furo passante, desta vez em alvenaria e desviar de um tubo de ferro para gás.

Lá no meio do corredor, tive de desviar de um tubo de PVC marrom para água.

Finalmente cheguei na janela ao lado da cozinha, cujo quadro de luz ficava localizado bem ao lado.
Este eletroduto na cor preto, poderá, futuramente, ser pintado da mesma cor da parede, ou ser oculto por uma sanca de gesso ou ser feito um pequeno rebaixamento de 20 cm em todo o teto de todos os andares.

Comentário Pessoal:
Este trabalho dos eletrodutos foi feito por mim, sem ajudante em 1 dia.
A passagem dos cabos novos foi feito por mim, sem ajudante em 1/2 dia.

Veja abaixo  fotos de um acabamento externo feito em um prédio de classe média alta, para ocultar os eletrodutos de PVC de 2 polegadas.

Os eletrodutos estão paralelamente um ao lado do outro e todas as caixas de passagem estão identificadas com o número do apartamento.

Na parte externa do prédio, os eletrodutos foram envolvidos por caixa de aço, com pintura epóxi da mesma cor da parede externa.

No PC de luz, os medidores (relógios) estão abrigados em caixas de aço, iguais a da foto abaixo.

Pelos eletrodutos de , 2 polegadas é possível conduzir 4 cabos flexíveis de 16 mm² + 01 cabo flexível de 4 mm² para o Terra, até o Quadro de luz localizado na cozinha dos apartamentos.

Neste prédio, já efetuei a instalação em 3 apartamentos e, sozinho, em dois dias.

Nestas conexões foram utilizadas luvas e caixas de passagens que não precisam de roscas, pois são travadas com parafusos. Isto agiliza o serviço.




Observe que o eletroduto com gás, na cor amarela, também foi pintada na mesma cor da parede
Cada instalação tem o acabamento e a qualidade que o orçamento do condomínio dispõe ...


Autor do texto e das fotos:
Gilson Carlos Pessanha
MyFreeCopyright.com Registered & Protected










BBW Graphics & Comments
BBW: Big Beautiful Woman

Visite e curta a minha página no facebook.com/GilsonEletricista

8 comentários:

  1. Amigo, ficou muito bom, me tira uma dúvida, a cada quantos metros vc usa uma abraçadeira no eletroduto, e para poder puxar o cabo no eletroduto vc usou um condulete a cada quantos metros?

    ResponderExcluir
  2. Olá Lucas Macedo,
    Abraçadeira a cada metro e nas curvas uma de cada lado.
    Caixas de passagem 1 a cada 10 metros em linha reta.
    Caixa de passagem em curvas ou mudança de sentido.
    Na vertical do prédio 1 em baixo e 1 na entrada do apartamento.
    Cabos deverão sempre serem passados de cima para baixo e no final dos rolos eles deverão serem travados, pois o peso é grande e 1 pessoa só não conseguirá segurar e se largar eles descerão como cobras enfurecidas.
    Tenha um dia iluminado !

    ResponderExcluir
  3. Gilson, nestas fotos vi o eletroduto encostado no tubo de gás, não existe uma norma dizendo que deve ser respeitada uma distância mínima entre o eletroduto de elétrica e o tubo de gás de 20 cm

    ResponderExcluir
  4. Correto.
    Estas primeiras fotos são de um antigo prédio residencial, o qual foi reformado e todos os eletrodutos foram removidos.
    Já vi cabo do para-raios passar ao lado de tubulações externas de gás.
    Tenha um dia iluminado !

    ResponderExcluir
  5. Correto.
    Estas primeiras fotos são de um antigo prédio residencial, o qual foi reformado e todos os eletrodutos foram removidos.
    Já vi cabo do para-raios passar ao lado de tubulações externas de gás.
    Tenha um dia iluminado !

    ResponderExcluir