segunda-feira, 23 de setembro de 2013

Vai pintar sua casa ? Quais as etapas da pintura ?

Olá amigos e leitores do Blog.

Para começo de conversa, você precisa de tempo e disposição.

Pintar paredes ou mesmo móveis demanda tempo, paciência e energia física.

Então, antes de começar, faça uma reflexão.

Veja se você terá tempo para se dedicar ao trabalho, para que ele seja feito corretamente e produza um resultado satisfatório.

Caso contrário, melhor deixar para outro dia.

Pronto para começar ?
Então Vamos lá.

Defina suas prioridades.
Você vai pintar só uma parede ou um cômodo inteiro?

Traçar seus objetivos é importante para mantê-lo no foco, evitando dispersões e gasto de energia e, sobretudo, dinheiro.

Selecione as ferramentas e os produtos.
Antes de começar, certifique-se de que você tem tudo o que vai precisar para executar o serviço.

Para isso, faça um ¨checklist¨ de tudo o que você precisa, como pincéis, rolos, bandeja para pintura, panos, escova, lixas, espátula. solventes, tintas, fundos, fita crepe, papel ou plástico, ferramentas, etc...

Limpe as ferramentas antes de usar.
Esta é uma dica muito útil e que pode evitar grandes problemas, como utilizar um pincel sujo e comprometer o resultado final.

Se você utilizou produtos à base de água, limpe as ferramentas com água e detergente neutro.

Se usou produtos à base de óleo ou vernizes, utilize o solvente indicado pelo fabricante, como por exemplo aguarrás, para limpar os utensílios.

Atitude profissional.
Isso inclui também a sua vestimenta.

Lembres-se que você está lidando com tintas e solventes, além de produzir pó, por meio do lixamento.

Então, vista-se com uma roupa confortável e que não tenha problema caso caia algum respingo de tinta, por exemplo.

Usar um avental é também uma boa opção.

Profissionais também recomendam a utilização de alguns equipamentos de proteção individual.

São eles:
Luvas resistentes a solventes, óculos de proteção para os olhos contra respingos e máscara para proteger o excesso de pó, vapor e odores fortes de alguns produtos.

Prepare o ambiente.
Antes de começar a pintar prepare o local.

Caso já tenha móveis e objetos instalados nas paredes, remova-os para o centro do ambiente.

Utilize um pano ou plástico para cobri-los, protegendo-os de eventuais respingos ou sujeira.

Retire também os quadros, prateleiras, luminárias, cortinas e demais acessórios.

E não se esqueça de remover as placas das tomadas e interruptores.

Em seguida, isole rodapés, guarnições de portas e janelas, interruptores e tomadas com fita crepe.

Por fim, cubra o piso com plástico ou papel.

Prepare a superfície.
Todo o trabalho será facilitado se as paredes a serem pintadas forem, previamente preparadas.

Essa etapa é fundamental para o bom resultado final, pois auxilia na fixação da tinta e influencia no acabamento.

Mais importante do que saber ¨como preparar¨ é identificar como ¨deve estar¨ a superfície antes da pintura ou repintura, não importando se a superfície é interna/externa, seca/molhável, madeira, metal/alvenaria.

A superfície deve estar limpa, seca, sem gordura, óleo, graxa ou sabão.

Gorduras, óleos e graxas são removidos com água e sabão neutro ou detergente.

Mofo deve ser eliminado por meio de aplicação de mistura de água e água sanitária, misturadas em partes iguais(1:1).

Pontos de infiltração de umidade devem ser devidamente eliminados e após estes tratamentos, as paredes devem secar por 3 dias, sem contato com água.

Siga a ordem.
Você sabia que existe um roteiro para pintar ambientes ?

Exatamente, para que seu serviço flua, os profissionais recomendam que você comece sempre pelo teto.

Depois siga pintando paredes, portas e janelas.

O rodapé é o último item a ser pintado em um ambiente.

Portanto, muita atenção.

Cuidado para não prejudicar todo o serviço por cansaço ou pressa em terminar o serviço.

Todas as partes são importantes para que o resultado final do serviço seja satisfatório.

Leia atentamente as recomendações do fabricante.
Antes de utilizar tintas e solventes, leia com atenção às recomendações no verso das embalagens.

Siga as orientações do fabricante para que o resultado final seja sempre satisfatório.

Isso vale para as proporções de diluição da tinta, tempos de secagem e, até mesmo, recomendações de utilização do produto (como ideal para áreas externas ou internas, entre outros).

Após terminar o serviço, faça a limpeza.
Finalize o trabalho com a limpeza imediata das ferramentas.

Dessa forma você contribui para aumentar a vida útil de suas ferramentas, mantendo-as sempre à mão para eventuais retoques ou novas mudanças.

Se você utilizou tinta à base de água, água e detergente dão conta do recado.


Como você utilizou tinta à base de água, fica fácil remover manchas nas mãos, piso, móveis e outros objetos.

Basta utilizar um pano umedecido com água e detergente.

Mas faça isso logo, quando a tinta ainda está úmida.

Se você utilizou tinta à base de óleo, solvente ou vernizes, limpe as ferramentas utilizadas com o solvente indicado pelo fabricante (aguarrás).

Lembre-se: a fita crepe só deve ser removida após a secagem da tinta.

Sobrou tinta ?
Caso haja sobra de tinta, você pode guardá-la para eventuais retoques ou repintura.

É importante conservá-la coberta, na posição vertical e sem movimentação.

O local não deve ter calor excessivo nem umidade.

Certifique-se de que a tampa está bem tampada.

Caso contrário, pode ocorrer a formação de uma película, resultante do contato da tinta com o ar.

Em caso de esmalte, tinta óleo e vernizes recomenda-se colocar sobre a superfície um pouco de aguarrás, como alternativa para ajudar a impedir o contato direto com o ar da embalagem.

Em hipótese alguma despeje a tinta em ralos ou demais cursos de água.

Caso não tenha como armazená-la em casa, doe para amigos ou instituições de caridade.

O planeta e a comunidade agradecem !

Fique sempre atento ao prazo de validade das tintas.
Indicados nas embalagens, este prazo vale apenas para o produto fechado, enquanto está estocado.

Após sua utilização, siga as orientações dos fabricantes.

Entretanto, a dica é utilizar o produto o mais breve possível.

Fonte:
Manual Prático ¨Pequenas Reformas e Serviços Gerais¨.



Witchy Comments
Visite e curta a minha página no facebook.com/GilsonEletricista

Um comentário:

  1. Olá! Tenho um ar de janela consul 9000 e ele não está armando. Ligo com controle ou direto no aparelho e menos de 3 segundo desliga.O que pode ser?
    Grata, Cátia

    ResponderExcluir