sábado, 27 de dezembro de 2014

Entendendo as Bandeiras Tarifárias na conta de luz

Olá amigos e leitores do Blog do Gilson Eletricista.

O nosso Governo está sempre tentando explicar o inexplicável na criação de novos impostos e taxas para o povo pagar.


Além de sucessivos aumentos nas contas de luz residenciais e comerciais, agora temos as Bandeiras Tarifárias.

Mas o quê realmente significa este pomposo nome ?

O Sistema de Bandeiras Tarifárias.
A partir de 2015, as contas de energia elétrica ter]ao uma novidade: as bandeiras tarifárias.

Quais as cores das bandeiras ?
Verde
Amarela
Vermelha

Bandeira Verde.
Indica condições favoráveis de geração de energia elétrica.

A tarifa não sofre nehum acréscimo.

Bandeira Amarela.
Indica condições menos favoráveis de geração de energia elétrica.

A tarifa sofre acréscimo de R$1,50 para cada 100 KWh (Quilowatt-hora) consumidos.

Bandeira Vermelha.
Indica condições mais custosas de geração de energia elétrica.

A tarifa sofre acréscimo de R$3,00 para cada 100 KWh consumidos.


Por quê foram criadas as bandeiras tarifárias ?
A energia elétrica no Brasil é gerada predominantemente por usinas hidrelétricas.

Para funcionar, essas usinas dependem das chuvas e do nível de água nos reservatórios.

Quando há pouca água armazenada, as usinas termelétricas podem ser ligadas com a finalidade de poupar água nos reservatórios das usinas hidrelétricas.

Com isso, o custo da geração aumenta, pois essas usinas são movidas a combustível como o gás natural, carvão, óleo combustível e Diesel.

Por outro lado, quando há muita água armazenada, as térmicas não precisam ser ligadas e o custo de geração é menor.

As bandeiras tarifárias são mais um custo que será incluído à conta de energia elétrica ?
As bandeiras tarifárias são uma forma diferente de apresentar um custo que hoje já está na conta de energia elétrica, mas geralmente passa despercebido.

Atualmente, os custos com compra de energia pelas distribuidoras são incluídos no cálculo de reajuste das tarifas dessas distribuidoras e são repassados aos consumidores um ano depois de ocorridos, quando a tarifa reajustada passa a valer.

Com as bandeiras, haverá sinalização mensal do custo de geração de energia elétrica que será cobrada do consumidor, com acréscimo das bandeiras amarela e vermelha.

Essa sinalização dá, ao consumidor, a oportunidade de adaptar seu consumo, se assim desejar.

Fonte:
www.aneel.gov.br

Comentário Pessoal:
Entender, eu entendi.

Eu só não consigo entender é como a geração de energia elétrica no Brasil, está abandonada e sem investimento há mais de 15 anos.

Energia eólica (ventos), energia foto-voltaica (sol), energia gerada pelo movimento das ondas no litoral e outras.

No meu entendimento, se não fosse a crescente utilização das modernas e eficientes lâmpadas Led pela população em geral, já estaríamos com ocorrências de apagões e talvez até racionamentos em várias regiões do Brasil...










          Autor do comentário: Gilson Carlos Pessanha           MyFreeCopyright.com Registered & Protected

Visite e curta a minha página no facebook.com/GilsonEletricista

Nenhum comentário:

Postar um comentário