terça-feira, 1 de setembro de 2015

Algumas dicas para utilização de lâmpadas Led

Olá nobres amigos e iluminados leitores do Blog do Gilson Eletricista.

Geralmente as novas tecnologias desenvolvidas, entram em conflito com as antigas utilizações e/ou locais.

Você compra uma moderna Tv Led e nenhum de seus antigos aparelhos de áudio e vídeo podem se conectar nas modernas entradas HDMI de alta resolução e alta definição.

Você compra as modernas lâmpadas Led, faz a substituição direta nas antigas luminárias e elas acabam queimando ou começam a piscar.

Leia abaixo algumas dicas, que não estão divulgadas em nenhum livro técnico.

Troquei 6 antigas lâmpadas incandescentes por 6 Leds e logo algumas queimaram.
Estas lâmpadas foram instaladas em uma luminária completamente fechada por dentro e pelo vidro frontal.

As Lâmpadas Led não emitem calor na parte frontal, porém na parte de trás, elas dissiparão o número de Watts, que vem especificado na cartela.

Por exemplo, 9w.

No caso acima, 6 x 9w = 54w.

A temperatura interna desta luminária, ao retirar o vidro, estava em torno de 80º C.

Você não conseguia nem encostar a mão na chapa de metal ou nas lâmpadas.

Só em retirar o vidro, após alguns minutos a temperatura diminuiu para 35º C.



Dica:
Se esta luminária antiga for de embutir em teto de gesso rebaixado, utilizando uma serra copo de 1/2¨ faça vários furos na chapa lateral e principalmente na chapa superior.

Se esta luminária for de sobrepor, utilizando uma broca de aço rápido, faça um grande número de furos nas laterais.

Troquei uma dicroica halogena por uma dicroica Led e mesmo com o interruptor desligado ela fica piscando.
Neste caso o interruptor de parede tinha uma lâmpada de neon, que ficava acesa ao desligar a lâmpada no teto.

Este antigo e decorativo recurso era para que o morador localizasse o interruptor mesmo no escuro total.




Através desta neon ou, em alguns outros modelos de interruptor, de um Led, a corrente circulava pelo filamento e era insuficiente para acender a dicroica, porém suficiente para acender o indicativo do interruptor.

Com as Lâmpadas FLC eletrônicas ou com as modernas Leds esta pequena corrente elétrica circulante irá pouco a pouco carregando os capacitores e eles quando carregados irão descarregar causando um pequeno Flash e este processo se iniciará novamente.

Dica:
Substitua este tipo de interruptor por outro sem sinalizador ou retire a Neon ou o Diodo, ou os fios do sinalizador e mantenha o mesmo interruptor, com esta função desativada.

Idem para o interruptor de alguns controles de parede para ventilador de teto, que possuem a função 1/2 luz.

Neste caso, retire o diodo ou não corte o fio esmaltado que está em paralelo com este diodo, nos contatos do micro interruptor da luz.

Troquei minhas luminárias de embutir por bulbo Leds e elas ficam piscando quando ligo outros pontos com dimmer.
Mesmo com o interruptor desligado, as interferências geradas pelo funcionamento de um dimmer irão induzir estas frequências nas fiações.

Dica:
Instale um capacitor de poliéster metalizado de 1uF ou 2,2uF x 250 Vac (para redes com 127 volts) ou 0,47uF a 1uF x 400 Vac ( para redes com 220 volts) em paralelo com os fios que chegam em qualquer dos pontos que tenham as lâmpadas piscando.



Um capacitor por circuito será suficiente.

Caso a Led possua fonte ou Driver, este capacitor será ligado nos fios de entrada.

Troquei minha incandescente por uma bulbo Led e à noite mesmo desligada percebo pequenos Flashes.
Em muitas antigas instalações a Fase ia diretamente no bocal e o retorno do interruptor trazia o Neutro.

Dica: 
Se este for o seu caso, inverta a Fase com o Neutro, ou seja o Neutro direto no bocal e o retorno do interruptor trazendo a Fase.

Se ainda assim a interferência persistir, instale o capacitor de poliéster metalizado conforme descrito acima.

Se a instalação for em 220 volts, com Fase 1 (127volts) e Fase 2 (127 volts), substitua o interruptor simples por um interruptor duplo, para interromper as duas Fases.

Troquei minhas dicroicas halogenas por dicroicas Led dimerizáveis e elas quase não dimerizam e começam a piscar.
Os antigos dimmers eram com capacidades para 300w, 500w, 600w e 1000w.

Com a pequena corrente de consumo destas Leds, o Triac, que é um componente eletrônico que faz o controle da quantidade de corrente no circuito, quase não percebe esta pequena corrente.

Dica:
Troque este antigo dimmer por um de menor capacidade, por exemplo um de 100w ou menor ainda.




No Mercado Livre, os de 100w nas fotos acima, são comercializados por R$10,00.



Autor do texto e das fotos: Gilson Carlos Pessanha         MyFreeCopyright.com Registered & Protected


Siga me no Google+ Gilson Carlos Pessanha

Nenhum comentário: