domingo, 24 de abril de 2016

Dicas para o Síndico - Procedimentos de Segurança

Olá nobres amigos e iluminados leitores do Blog do Gilson Eletricista.

Estive semana passada na Administradora CIPA e vou compartilhar estas excelentes dicas e recomendações para a segurança em seu condomínio residencial.

Procedimentos de Segurança:
- Cadastre todos os moradores com dados pessoais e dos veículos.

Como é na realidade:
A maioria dos prédios não faz este tipo de cadastro.

- Capacite os funcionários, principalmente os porteiros, já que a porta de entrada e saída de pedestres é a preferida dos bandidos.

Como é na realidade:
A grande maioria dos funcionários não têm a menor capacitação para o cargo.

- Olhe sempre para as imagens oriundas das câmeras de segurança, quando houver.

Como é na realidade:
A grande maioria dos porteiros estão sempre olhando as imagens do celular e nem sequer percebem que algum morador está parado no portão de entrada, querendo entrar ou sair.

- Acenda as luzes internas do carro e abaixe os vidros quando chegar ao prédio, o que possibilita a identificação do morador e de quem está dentro do veículo.

Como é na realidade:
Veículo chega com as luzes apagadas, pisca os faróis ou dá dois rápidos toques na buzina e o portão é liberado.

- Tranque o carro e leve as chaves.

Como é na realidade:
As chaves dos carros ficam na portaria com os porteiros ou manobristas.

- Tranque portas e janelas na ausência do morador.

Como é na realidade:
Janelas e portas de varandas ficam abertas.

- Evite deixar as chaves do apartamento com funcionários do condomínio, dando preferência a amigo ou familiar de confiança.

Como é na realidade:
Moradores sempre deixam as chaves no escaninho ou com o porteiro.

- Mantenha a porta de entrada e as grades do edifício fechadas, mesmo na chegada de convidado ainda não identificado.

Como é na realidade:
A grande maioria dos porteiros, vai logo abrindo o portão de entrada.

- Cadastre o convidado, anotando o RG, o apartamento de destino e o nome do morador que vai recebê-lo. Só depois libere a entrada dele.

Como é na realidade:
Basta dizer, sou o pai ou sou a mãe, e o portão é liberado.

- Agende as mudanças e os responsáveis pelo serviço.

Como é na realidade:
Só comunicam o dia e o nome da Transportadora.

- Abra os portões para mudança o tempo suficiente para carga e descarga.

Como é na realidade:
Os portões ficam abertos o tempo todo.

- Libere a entrada de empregados domésticos e outros colaboradores somente com a autorização do morador e com dias e horários informados.  Fora do período, avise o condômino para liberação posterior.

Como é na realidade:
Basta dizer que vou trabalhar lá e estou com as chaves e a entrada é liberada.

- Peça autorização ao morador se uma pessoa estranha estiver dirigindo o veículo do condônimo.

Como é na realidade:
Porteiro identificou o carro ou a placa e libera a entrada.

- Não libere a entrada de funcionários do condomínio acompanhados por terceiros. A entrada somente deve ocorrer com a autorização do síndico, zelador ou administração. O mesmo vale para os colaboradores dos apartamentos.

Como é na realidade:
Qualquer pessoa ao abrir o portão, entra junto.

- Retire o lixo e feche o portão imediatamente, sempre com a ajuda de outro funcionário para monitorar a operação.

Como é na realidade:
Na grande maioria dos prédios, quem leva o lixo é o próprio porteiro e para isto deixa o portão aberto e a portaria abandonada.

- Limpe a calçada com o portão do condomínio fechado.

Como é na realidade:
Todos limpam as calçadas com o portão aberto.

- Faça levantamento de dados pessoais antes de contratar um funcionário.

Como é na realidade:
A maioria das vagas são preenchidas por indicação de outros porteiros e faxineiros e nenhum levantamento é realizado.

- Permita a entrada somente de veículos cadastrados no condomínio.

Como é na realidade:
Basta dizer que é rápido e prometer uma caixinha e a entrada é liberada.

- Providencie uma lista de convidados em caso de festa e solicite a identificação deles.

Como é na realidade:
Basta dizer que veio para a festa no Salão de Festas e a entrada é liberada.

- Anuncie sempre a chegada de pessoas ao prédio com destino à residência dos moradores, solicitando autorização para o ingresso no prédio.

Como é na realidade:
Em muitos prédios, basta dizer que o interfone está com defeito e a entrada é liberada.

- Solicite crachá com foto de funcionários de empreiteiras, previamente cadastrados, quando houver a realização de obras no prédio.

Como é na realidade:
Nunca vi um funcionário de empreiteira com este tipo de crachá ou uniforme.

Fonte:
Informativo CIPA.



Autor dos comentários ¨Como é na realidade¨: Gilson Carlos Pessanha

MyFreeCopyright.com Registered & Protected


Siga me no Google+ Gilson Carlos Pessanha