segunda-feira, 20 de outubro de 2014

Auto Vistoria meia boca

Olá amigos e leitores do blog do Gilson eletricista.

A Prefeitura do Município do Rio de Janeiro deveria vistoriar todas as edificações do Estado.

Porém, como não dispõe de funcionários suficientes para cumprir tal tarefa, baixou um Decreto, passando esta responsabilidade para os próprios síndicos e proprietários.

Estabeleceu prazo para a realização e prazos a serem cumpridos para a correção de anormalidades encontradas.

Para a realização da Auto vistoria, deverão ser contratadas firmas com engenheiros civis, engenheiros eletricistas e engenheiros de estruturas.

As edificações deverão ser vistoriadas externamente e em todas as unidades residenciais e comerciais existentes.

Obras realizadas sem projetos e acompanhamento de um profissional com ART (Anotação de Responsabilidade Técnica), serão detectadas e corrigidas.

Fui chamado em muitas residências para corrigir irregularidades na parte elétrica.

Por exemplo:
- Quadro de Luz, sem disjuntor Geral;

- Disjuntores compartilhando 2 ou 3 circuitos elétricos com fiações abaixo da proteção do disjuntor.

- Barramentos zinabrados;

- Fiações elétricas expostas sem conduíte ou eletroduto.

- Chave faca com cartuchos de papelão no PC de Luz.

Estes técnicos, visitaram todas as unidades e abriram todos os Quadros de Luz.

Qual não foi minha surpresa ao fazer um atendimento emergencial em um condomínio multi-residencial com mais de 100 unidades e ao me deparar com o PC de Luz em péssimo estado de conservação e com mais de 60 anos, ter sido aprovado pela firma que realizou a Auto Vistoria.

Em outro condomínio com 90 unidades, foram vistoriadas 10% das unidades e a vistoria consistiu em fazer algumas perguntas aos moradores: vocês fizeram alguma obra nos últimos anos? Fizeram alguma modificação nas estruturas originais?

Esta amostragem foi considerada como representativa desta edificação e não foi feita nenhuma exigência...








Fiações e barramentos com derretimento e zinabre.

Corrigi o cabo que estourou do apartamento que me contratou e aproveitei que a síndica passou perto e me perguntou se estava acontecendo algum problema, respondi que sim e que localizei numa rápida olhada 10 unidades com o mesmo problema e cabos de Fases diferentes com derretimento entre ambas as capas.

A qualquer momento poderá acontecer um apagão geral no prédio e até um princípio de incêndio no Pc de Luz.

E o perito assinou a Auto Vistoria, sem ver e sem ir ao local, como estando tudo normal...

Comentário Pessoal:
Para todas as firmas de engenharia sérias e tradicionais, o espaço do campo dos comentários está liberado para divulgarem seus serviços e links para suas páginas



Autor do texto e das fotos: Gilson Carlos Pessanha           MyFreeCopyright.com Registered & Protected


Visite e curta a minha página no facebook.com/GilsonEletricista

domingo, 19 de outubro de 2014

Como aproveitar o buraco do antigo Quadro de Luz ?

Olá amigos e leitores do Blog do Gilson Eletricista.

Quero agradecer o crescente número de acessos no Blog.

6ª feira (17/10/2014 -dia do Eletricista) e ontem (sábado - 18/10/2014 - dia do Médico) tive nestes dois dias + de 24.000 acessos.

Cliente me contratou para achar uma solução ou adaptação técnica em seu Quadro de Luz.

Este antigo QDL instalado há mais de 50 anos atrás, consistia em uma caixa de madeira com uma porta e 1 disjuntor Nema de 32A.

A residência é pequena.

Um conjugado = Sala + pequena cozinha + pequeno banheiro.

O morador anterior, instalou 2 novos circuitos exclusivos: 1 para o ar condicionado de janela e 1 para o computador.

Como a cozinha era revestida com azulejos, os cortes foram feitos pelo lado da sala.

A atual moradora, por já ter passado por um evento de incêndio, na residência onde trabalhava, ficou com trauma e queria que um Quadro de Luz anti-chama, fosse instalado dentro deste buraco.

Como só haviam 3 disjuntores, sugeri um Quadro da Tigre para 8 disjuntores Din.

Os antigos disjuntores pretos Nema, seriam substituídos por 3 disjuntores brancos Din + um barramento para o Neutro e 1 DPS (Dispositivo de Proteção contra Surtos Elétricos).

Para o mês, trocarei a antiga fiação rígida de 2,5 mm² por modernos cabos flexíveis de 2,5 mm², porém separando e criando + 2 circuitos exclusivos para a cozinha e o banheiro, com seus respectivos disjuntores.

Retirei o suporte e os antigos disjuntores e aparafusei o novo QDL ao fundo.

Sugeri a contratação de um marceneiro para retirar a antiga porta e fazer uma moldura em volta do novo QDL.

Enquanto isto não acontece, o QDL Tigre terá duas portas.








O apartamento passou a ter um Quadro de Luz com 2 níveis de proteção: curto-circuito e sobrecarga + proteção contra surtos elétricos.

Com a troca da fiação = maior segurança.


Autor do texto e das fotos: Gilson Carlos Pessanha                 MyFreeCopyright.com Registered & Protected


Visite e curta a minha página no facebook.com/GilsonEletricista

Como limpar seu ar condicionado de janela no mesmo local ?

Olá amigos e leitores do Blog do Gilson Eletricista.

Já fiz um post sobre este assunto, e quem quiser ler, basta clicar em marcadores ¨ar condicionado¨.

Neste post mostrei e ensinei, passo a passo, como utilizar um pulverizador pequeno, acionado por gatilho, para limpar e desinfectar um aparelho de ar condicionado.

Como o recipiente é pequeno, você terá de enchê-lo, várias vezes com detergente e com água.

Em minhas andanças pela cidade, encontrei numa loja de produtos e materiais de limpesa, um excelente pulverizado pressurizado manualmente.

Dica:
LIMPIMAIS Embalagens Plásticas Ltda.
Rua dos Andradas, 26 - Loja A - Centro - Rio de Janeiro - Brasil
Pulverizador Pressurizado com 2 litros
R$22,90

Com a tampa amarela: detergente + água  /  Com a tampa verde: água

Existem várias marcas de detergentes específicos para limpeza de ar condicionados.


São vendidos em lojas de peças para refrigeração e custam em torno de R$10,00


Podem ser diluídos com água: 1 parte de detergente para 10 de água



Ao ligar o ventilador, o produto será lançado por dentro do aparelho e até na condensadora


Serviço concluído e se foi você mesmo que fez, economizou R$350.

Minha orelha está quente e isto pode ser sinal que os donos de refrigerações estão fazendo muitos elogios a minha pessoa e a minha mãe, pelo post...

Em agradecimento, a tantos elogios, disponibilizo o campo dos comentários para que vocês coloquem anúncios com telefones e links para seus serviços de refrigeração (firmas ou profissionais autonomos).

Uma vez por ano, é recomendável você contratar alguém para fazer este tipo de limpeza.

As firmas de refrigeração cobram em torno de R$350,00 por aparelho.

Retiram o aparelho e o levam para a parte de baixo do prédio e aplicam o detergente e jateam após com água.

Em muitos condomínios, este tipo de lavagem não é mais permitido, para economizar água.

Nestes casos, eles levam para a oficina e só devolvem dias depois.

O buraco da parede fica aberto e quem tem gatos ou crianças pequenas é um perigo...

Os Splits não são retirados e são limpos no mesmo local.

Dica:
Compre um metro de lona plástica, vendida em loja de materiais de construção.

A largura é com 4 metros e é vendida por R$2,50 o metro.

Forre o local abaixo do aparelho com a lona.

Coloque folhas de jornal sobre a lona.

A água e o detergente sairão por trás do aparelho, pelo dreno, mas para alguns pingos ou respingos não cairem no piso, é melhor prevenir.

Dica:
Se o seu aparelho não está gelando bem como antigamente, ou se nunca foi feita uma limpeza interna, ou se ao retirar o painel frontal você não conseguir ver os tubos de alumínio, ou se a frente estiver com uma grande camada de pó, está na hora.

A parte frontal de aluminio é a unidade Evaporadora.

É justamente nestes  tubos de cobre que o gás pressurizado absorve o calor e volta para a unidade Condensadora onde é liberado o calor.

Se estes tubos e alumínios estiverem sujos, esta troca de calor não será efetuada com eficiência.

O termostato comandará para que o compressor continue funcionando e o ar não conseguirá atingir a temperatura selecionada e o consumo elétrico virá alto na sua conta de luz.

Inclusive, o funcionamento do compressor direto, poderá vir a causar a queima do mesmo.

Neste caso será perda total.

Os compressores colocados a venda, são recondicionados e a base de troca.

Levam o seu, deixam um velho recondicionado.

A garantia é de apenas 3 meses e o preço desta troca fica em mais de 40% do preço de um novo e com garantia de 1 ano + extendida (opcional).



Autor do texto e das fotos: Gilson Carlos Pessanha            MyFreeCopyright.com Registered & Protected

Visite e curta a minha página no facebook.com/GilsonEletricista

segunda-feira, 13 de outubro de 2014

Por quê 5 pontos com tomadas em uma sala pararam de funcionar ?

Olá amigos e leitores do Blog do Gilson Eletricista.

Cliente relatou que 5 pontos com tomadas elétricas de 10A localizadas na sala, pararam de funcionar repentinamente.

As demais tomadas estavam normais.

O disjuntor no Quadro de Luz estava normal.

Logo, o defeito estava localizado na distribuição do próprio circuito na sala.

Não houve curto circuito e nem cheiro de queimado.

O jeito foi abrir uma a uma.

Na primeira tomada aberta, verifiquei que a tensão apresentava 0 volts, ou seja não havia ddp (diferença de potencial).

Utilizando uma caneta indutiva, verifiquei que a Fase estava se apresentando também no condutor Neutro e isto é característico de que o Neutro estava aberto em algum ponto do circuito das tomadas.

Ao abrir a 5ª tomada, verifiquei que as fiações vinham de outra tomada, a qual apresentava funcionamento normal.

Ao abrir esta tomada encontrei o motivo da má conexão e consequente paralisação das outras 5 tomadas.



Como nesta foto tirada por um colega (Miguel Angelo) do Grupo Fechado Eletroface, a situação era idêntica.

O fechamento dos circuitos foram feitos diretamente nos bornes da tomada e devido ao aperto insuficiente nos parafusos, o cabo do Neutro ficou frouxo e com mau contato.

Dica:
Os fechamentos de circuitos elétricos devem ser feitos diretamente fio com fio e uma emenda com derivação deverá alimentar a tomada.

Desta maneira, mesmo que a tomada venha a ser retirada para substituição, o circuito elétrico não será interrompido.

Esta emenda com derivação poderá ser feita de diferentes modos: torcida, soldada, ou crimpada.



Autor do texto: Gilson Carlos Pessanha    MyFreeCopyright.com Registered & Protected

Esta é a minha eletrizante base operacional - Praia do Flamengo - localizada no bairro do Flamengo - Rio de Janeiro - Brasil

Visite e curta a minha página no facebook.com/GilsonEletricista          

domingo, 12 de outubro de 2014

Como testar um controle remoto para ventilador de teto ?

Olá amigos e leitores do Blog do Gilson Eletricista.

Existem a venda no mercado, controles remotos para ventiladores de teto, os quais podem ser instalados em um ventilador de teto normal, com acionamento por controle de parede e transformá-lo em um ventilador operado remotamente e sem fio.

Muitos leitores relatam que, após alguns anos, o controle parou de funcionar o motor ou a lâmpada.

Alguns outros, fazem a modificação e o controle não funciona e ficam na dúvida se foi erro de instalação ou se o produto veio com defeito.

Em ambos os casos, sugiro testar o controle diretamente em uma tomada.

Como testar o controle remoto em uma tomada elétrica ?
Será necessário um bocal com rabicho e uma lâmpada incandescente de 60w, um disjuntor ou um filtro de linha com fusível.

Para quê o disjuntor ou filtro de linha ?
Proteção contra um eventual curto e para simular o acionamento do interruptor de luz.

Este controle remoto da Force Line, é um dos poucos que você poderá manter o interruptor da parede para ligar e desligar a luz.

Em um cômodo com ventilador de teto, o acionamento da lâmpada é o que mais será feito em um ano.

Primeiro passo:



Testando o acionamento da lâmpada.


Ao ligar o disjuntor (ou interruptor do filtro de linha) a lâmpada deverá acender



Ao acionar o controle remoto, para desligar a Lâmpada, ela deverá apagar e você ouvirá um bip.
Estes bips sempre serão ouvidos ao teclar os comandos.


Ligue a lâmpada pelo controle remoto e teste a função dimmer.
A Lâmpada deverá gradualmente diminuir e aumentar o brilho.



Coloque a lâmpada nos bornes correspondentes ao motor do ventilador.
Borne da esquerda e borne do meio.
Ligue o controle do ventilador.
A Lâmpada deverá acender com brilho máximo (velocidade máxima).
Diminua a velocidade e a lâmpada deverá diminuir o brilho.



Inverta a posição dos fios da lâmpada.
Borne central (comum do motor) com o borne da direita

                      Repita os testes anteriores, para o motor.

Comentário Pessoal:
Se algum teste falhar é indicativo que o controle está danificado pelo uso (antigo) ou veio com defeito de fábrica (novo).

Se o controle testado e instalado não funcionar no teto, o defeito está no próprio ventilador ou nas conexões erradas dos fios com o receptor.

Este passo a passo serve para testar qualquer controle remoto de qualquer marca.

A única diferença será que alguns controles não aceitam o interruptor e neste caso os testes deverão ser feitos sempre com o disjuntor ligado, porque todos os comandos somente pelo controle remoto, inclusive a lâmpada.



Autor do texto e das fotos: Gilson Carlos Pessanha         MyFreeCopyright.com Registered & Protected


Visite e curta a minha página no facebook.com/GilsonEletricista

Fita com Leds auto adesivada Taschibra

Olá amigos e leitores do Blog do Gilson Eletricista.

Já substituiu suas antigas e quentes lâmpadas incandescentes pelas modernas Leds Bulbo ?

E a antiga e quente iluminação das sancas em tetos rebaixados, que utilizavam lâmpadas fluorescentes, fitas com bocais para várias lâmpadas incandescentes ou mangueiras com lâmpadas neon ?

Fui requisitado e contratado em 2 diferentes residências para, no primeiro caso, substituir uma fita com 27 bocais e 27 lâmpadas incandescentes  de 15w cada (405w de luz e de calor irradiado no teto).

No segundo caso, houve um curto circuito na iluminação da sanca, a qual utilizava uma antiga mangueira com lâmpadas neon.

Mangueira Neon com 10 metros = 40w por metro = 400w de luz e calor irradiado no teto.

Veja as fotos, passo a passo, desta fantástica economia com a utilização desta moderna tecnologia Led.


Sanca da esquerda com 5 metros de comprimento e com fita Led 3.000K
Sanca da direita com 5 metros de comprimento e com 27 lâmpadas de 15w 

Observe que a iluminação Led é uniforme e sem regiões de sombra



Como a fita Led Taschibra é auto-adesivada, eu fui fixando-a na borda da sanca e com isto a luz se refletiu em toda a área da sanca.


Esta antiga iluminação, além do calor gerado, apresentava constante queima de lâmpadas incandescentes


Nesta outra pequena sanca, localizada em um corredor, substitui uma mangueira neon com 4 metros (160w de luz e calor) por uma mangueira Led com 2 metros (10w de luz)


Esta mangueira neon com 10 metros de comprimento, entrou em curto.
Estes pontos pretos são a queima e o ressecamento causados pelo calor das neons.

Parece até uma cobra coral.

Substitui por 2 fitas com 60 Leds 3.000K Taschibra e 5 metros cada.



Dica:
Lojas de iluminação em Copacabana - Rio de Janeiro - Brasil estão vendendo estas fitas Led por R$90,00 0 metro + R$250 a Fonte ou driver.

Onde comprar Leds com os melhores preços ?
Fita Led Taschibra auto-adesivada com 5 metros e com fonte = R$220,00

Construir Caima:
Rua Marquês de Abrantes, 178 - Flamengo - Rio de Janeiro - Brasil
Fica bem ao lado da Estação Metrô Flamengo.
Tel: 21 2551-1998
redecaima@hotmail.com

Dica:
Esta fita adesivada poderá ser fixada em estantes, prateleiras e armários de cozinha e bancadas sobre pias.

Breve postarei fotos deste tipo de instalação.


Autor do texto e das fotos: gilson Carlos Pessanha      MyFreeCopyright.com Registered & Protected


Visite e curta a minha página no facebook.com/GilsonEletricista