domingo, 20 de novembro de 2011

A lâmpada não acendeu. O que fazer ?

Normalmente, quando uma lâmpada não acende é porque queimou ou sua vida útil chegou ao fim.

Substitui a lâmpada incandescente por outra nova e ela não acendeu.
Teste esta lâmpada nova em outro ponto.
Se ela acendeu, o ponto anterior poderá estar com os seguintes defeitos:
Bocal com mau contato;
Bocal com defeito;
Fio solto ou com mau contato no bocal;
Interruptor com mau contato;
interruptor com defeito.


Substitui a lâmpada fluorescente por outra nova e ela não acendeu.
Teste esta lâmpada nova em outro ponto.
Se você não tiver outro ponto com lâmpada fluorescente para fazer o teste, volte a loja onde comprou a lâmpada e peça o teste.
Se ela acendeu, a sua luminária, poderá estar com os seguintes defeitos:
Reator convencional com defeito;
Reator partida rápida com defeito;
Reator eletrônico com defeito;
Starter com defeito;
Soquetes de conexão com mau contato;
Interruptor com mau contato;
Interruptor com defeito.


A minha luminária com lâmpada fluorescente não acende , porém quando encosto a mão na lâmpada, ela acende.
Normalmente, isto ocorre em luminárias que utilizam reatores eletro-magnéticos.
Este tipo de reator necessita estar instalado próximo de estruturas metálicas para poder formar o campo magnético necessário a partida inicial da lâmpada.
Quando você encosta a mão, seu corpo fornece o aterramento necessário para a formação do campo magnético.
Já vi casos que o funcionário de um bar, após ligar o disjuntor ou o interruptor das luminárias da fachada do bar e as mesmas não acenderem, pegar uma vassoura de piaçaba e passá-la nas lâmpadas. Quando o dia estava muito quente e seco, a piaçaba da vassoura tinha de ser molhada.
Neste caso a troca deste tipo de reator se faz necessário por um reator eletrônico de partida instantânea e de preferência de alto fator de potência que resultará em 30% de economia na conta de luz.


Substitui a minha lâmpada dicróica e ela não acendeu.
Teste esta lâmpada nova em outro ponto.
Se ela acendeu, o ponto anterior poderá estar com os seguintes defeitos:
Soquete com folga ou desgaste;
Transformador com defeito;
Reator eletrônico com defeito;
Interruptor com mau contato;
Interruptor com defeito;
Dimmer com defeito (caso utilize para variação do nível de luz do ambiente).


Obs:
Sempre que comprar uma lâmpada nova, peça o teste na hora.
Sempre que comprar uma lâmpada FLC , guarde a nota fiscal, porque ela tem garantia de até 2 anos de uso (o revendedor é solidário na garantia com o fabricante).
Sempre que comprar um reator eletrônico, guarde a nota fiscal, porque ele tem garantia de 1 ano para os de baixo fator de potência e de 2 anos para os de alto fator de potência.
Sempre que substituir uma lâmpada fluorescente com reator convencional, troque também o starter.
Sempre que substituir uma lâmpada fluorescente numa luminária com 2 lâmpadas, faça a substituição de ambas, porque mesmo que só uma tenha queimado, a outra já está para queimar também, pois o tempo de uso é o mesmo para ambas.
Quando uma lâmpada fluorescente demora muito a acender, provavelmente, a luminária utiliza reator convencional e o starter não foi trocado por ocasião da substituição da lâmpada nova.

Perguntas dos leitores:
Por quê há reatores eletrônicos que não acendem instantaneamente a lâmpada ?
Existem reatores eletrônicos com baixo fator de potência e com alto fator de potência.
Os com alto fator de potência são os de acendimento mais rápido.
Os da marca Intral são os melhores e também os mais caros.






Autor do texto:
 Gilson Carlos Pessanha
MyFreeCopyright.com Registered & Protected


Witchy Cat Graphics & Comments
Visite e curta a minha página no facebook/GilsonEletricista

12 comentários:

  1. A lampada com reator, residencial, só está acendendo uma das fluorescentes... Existem 3 luminparias no mesmo circuito mas só acende uma lânpada de cada. Qual o problema?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na nossa vida ocorrem coincidências.
      Escolhemos 6 números e coincidentemente estes números são os mesmos sorteados na Mega Sena. Ficamos ricos.
      No seu caso, 3 luminárias com 2 lâmpadas fluorescentes em cada uma e só acende uma em cada luminária é coincidência.
      Quando uma das lâmpadas queima, devemos substituir as duas, porque o desgaste é igual em ambas.
      Embora o tempo de funcionamento seja o mesmo para ambas, uma das duas irá queimar primeiro.
      O funcionamento do circuito elétrico está correto.
      o problema é pontual em cada luminária.
      Desligue a luz, use uma lanterna ou coloque um abajur para não ficar no escuro e inverta a posição das lâmpadas em uma das luminárias.
      Ligue a luz.
      A lâmpada que estava acendendo, acende na posição da outra e a que estava apagada não acende na nova posição.
      Conclusão:
      A lâmpada está queimada (troque por duas novas)
      A lâmpada que estava acendendo, não acende na nova posição e a outra que estava apagada acende.
      Conclusão:
      A lâmpada está boa e o reator está queimado ou o start está gasto (caso o reator seja o convencional).
      Observação:
      O mesmo teste deverá ser feito em cada uma das luminárias.
      Sempre que trocar as lâmpadas, troque também os starts.

      Leia outro post: Minha luminária com lâmpadas fluorescentes não acendeu !
      Tenha um dia iluminado !

      Excluir
  2. Prezado Gilson. As lâmpadas daqui de casa foram parando de acender, um dia a da sala, noutro dia a da cozinha, noutro dia a do corredor e por aí está indo. O que pode estar acontecendo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Rogério Taurinho,
      Se todas as lâmpadas foram instaladas na mesma época, a vida útil delas acabarão na mesma época.
      Agora, se elas estão queimando sucessivamente, no mesmo ponto, verifique a conexão dos fios elétricos nos terminais do bocal ou , melhor ainda, substitua o antigo bocal por um novo bocal de boa qualidade.
      Tenha um dia iluminado !

      Excluir
  3. Caro Gilson, tenho um lustre com três lampadas fluorescentes, sendo que um bocal esta queimado. Quando ligo o interruptor as lâmpadas demoram cerca de uns 4 seg para acender e apos acessas uma vez se desligadas e logo ligadas, acendem normalmente.
    Me diga Gilson, o que poderia ser?

    Grato,
    Gustavo

    ResponderExcluir
  4. Olá Gustavo Vieira,
    Se estas 3 lâmpadas fluorescentes forem do tipo FLC, faça uma revisão nos bocais e troque-os por novos.
    Se forem fluorescentes tubulares, troque o suporte queimado e substitua o reator por um reator eletrônico de alto fator de potência.
    Tenha um dia iluminado !

    ResponderExcluir
  5. Olá meu caro Gilson. A lâmpada da cozinha lá de casa parou de acender, já troquei a lâmpada. , o interruptor e o bocal e até agora nada...mas na troca do bocal percebi que chegava corrente no fio mas dentro do bocal a chave de teste não tá acendendo nen no velho nen no novo...isso é normal? O que pode ser? Como resolver?
    ME DÊ UMA LUZ...rsrs
    Obrigado. ..
    Leandro Silva

    ResponderExcluir
  6. Olá Leandro Silva,
    Tudo indica que está faltando o Neutro ou a Fase.
    Identifique a fase e o Neutro em uma tomada elétrica mais próxima.
    Com um fio longo leve o Neutro até perto da caixa de luz no teto.
    coloque este fio no bocal e coloque o fio identificado como Fase (ou retorno) e teste se a lâmpada acende.
    Se acender o fio Neutro do teto está partido.
    Se não acender o Fio Fase está partido.
    Para confirmar, repita o teste desta vez levando a Fase da tomada e teste o fio neutro do teto.
    se acender o Neutro está bom e o Fase é que está partido.
    Tenha um dia iluminado !

    ResponderExcluir
  7. Olá Leandro Silva,
    Obrigado por sua visita e comentário no Blog.
    Tenha um dia iluminado !

    ResponderExcluir
  8. Boa tarde Gilson.. acabei de trocar a lampada do meu quarto, e ela acendeu muito fraca. o que pode ser?

    obrigado Pedro

    ResponderExcluir
  9. Olá Pedro Dias,
    Qual o tipo de lâmpada ?
    Verificou se a tensão de funcionamento da nova lâmpada é a mesma da lâmpada anterior ?
    Tenha um dia iluminado !

    ResponderExcluir