domingo, 1 de dezembro de 2013

Como instalar o DPS em um Quadro de Luz sem espaço interno ?

Olá nobres amigos e iluminados leitores do Blog do Gilson Eletricista.

Se você tem um Quadro de Luz, antigo ou novo, porém não existe espaço para nenhum disjuntor ou dispositivo novo, o jeito é acrescentar um pequeno Quadro externo ao lado.

Nesta residência, em um condomínio, o Quadro de Luz fica localizado na cozinha e todos os apartamentos, instalaram armários e o QDL ficou dentro de algum compartimento.

A maioria deles ficou sem a tampa, para evitar a perda de espaço interno no armário.

O quê fazer ?
Instale um pequeno quadro externo, fixado logo acima da posição do QDL.

Este pequeno quadro, conterá 1, 2 ou 3 DPS de Classe II.

É necessário um DPS para cada Fase.

Mono-fásico: 1 DPS
Bi-fásico: 2 DPS
Tri-fásico: 3 DPS

Estes DPs são do fabricante Exatron, mas outras marcas també servirão.




 De um lado, interligue o Terra (cabinho cor azul), na inexistência de um Terra, conecte ao Neutro, que está aterrado junto ao Padrão de Entrada.

1 cabo azul conectado ao barramento do Neutro.

De cada DPS, interligue em uma Fase (cabinho cor branco).

3 cabos brancos em 3 diferentes Fases.



Comentário Pessoal:
O montador deste armário, cortou o fundo com uma serra copo e com uma lâmina de serra.
Note que os disjuntores da parte de baixo, ficaram sem acesso aos bornes e parafusos dos disjuntores.




Autor do texto e das fotos:
Gilson Carlos Pessanha
MyFreeCopyright.com Registered & Protected



Siga me no Google+ Gilson Carlos Pessanha

10 comentários:

  1. Gilson, boa tarde.

    Sou técnico em eletrônica e admiro muito o seu trabalho.

    Como não há condutor de aterramento em meu QDC, surgiu a seguinte duvida na hora de pensar em instalar os DPS de 20kA:

    Gostaria de saber se posso instalar DPS entre Fase e Neutro no QDC de meu apartamento, os cabos do circuito principal são de 6mm² e protegidos por disjuntor NEMA de 35A, e o neutro é aterrado no centro de medição (ao lado do meu apartamento).

    *Obs.: Há SPDA na edificação, isso influência no modo de instalação dos DPS?

    Abraços...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Vinicius Alexandre,
      Todos os fabricantes de DPS, com dois bornes ou com dois fios, orientam para que as conexões sejam feitas entre a Fase e o Neutro e não entre a Fase e o Terra.
      Alguns antigos DPS, vinham com 3 fios, para serem conectados entre a Fase, o Neutro e o Terra.
      Para entender melhor como os modernos DPS, funcionam conectados entre a Fase e o Neutro, acesse:

      http://dicasdogilsoneletricista.blogspot.com.br/2012/10/videos-eletrizantes-tudo-que-voce.html

      Venho instalando estes DPS, de várias marcas, há mais de 20 anos e meus clientes nunca tiveram problema, pelo contrário, a queima de lâmpadas, queima de reatores eletrônicos, queima de fontes de computadores, queima de fontes de Tv, cessaram.
      Tenha um dia iluminado !

      Excluir
  2. DPS ligado ao condutor Neutro??? O correto não seria ao condutor Terra? Desse modo a sobre tensão seria descarregada toda a terra, protegendo sua instalação, uma vez que o DPS tem o princípio de funcionamento igual a um variados. Ligando ao neutro, como o amigo mostrou, quando ouvesse um surto, sobretensão momentânea, o mesmo seria descarregado dentro dos circuitos da residência causando grande dano.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Otávio Cordeiro dos Santos,
      Idem a resposta dada ao leitor Vinicius Alexandre, porém acrescentando que o principio de funcionamento dos DPS com dois fios ou dois bornes é absorver os picos de voltagem e não desviá-los para o Neutro.
      Esta absorção é dissipada sob a forma de calor, ou seja o Varistor interno do DPS, a partir da sua voltagem de proteção, tem o seu alto valor resistivo diminuído para zero.
      Esta capacidade máxima de absorção, por exemplo, no DPS de 15 Ka é de 15.000 ampères durante 20 micro-segundos.
      Acima destes limites, o DPS é destruído e deverá ser substituído.
      Mesmo assim ele naquele momento fez a sua função de proteção.
      Leia também sobre o DPS portátil da Clamper, o qual pode ser plugado diretamente em uma tomada com aterramento ou não, pois os circuito interno, reconhecerá qual a melhor conexão, se é entre Fase e Neutro ou entre Fase e Terra.
      Um aterramento mal feito é que poderá descarregar em todos os aparelhos que tiverem conexão com este Terra.
      Tenha um dia iluminado !

      Excluir
  3. Grato pela explicação Gilson,

    Mas nesse caso não haveria problema ao usá-lo com bitola de 6mm²?
    *Pois dizem que nesse caso o Neutro deveria ser de no mínimo 10mm².

    Quanto aos disjuntores NEMA, é seguro utiliza-los como proteção para o DPS?

    Tenha um excelente dia...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Vinicius Alexandre,
      Os disjuntores Din são mais rápidos do que os do padrão Nema, porém nada impede que você possa utilizá-los.
      A ação do DPs é tão rápida, praticamente instantânea, que a bitola do Neutro, não interfere em sua proteção.
      Tenha um dia iluminado !

      Excluir
  4. Olá Gibson,

    Instalei dois DPS da WEG de 12 ka em minha residência (modelo SPW 275-12), um para a fase e outro para o neutro. Quero saber se está correto, o mesmo que utilizo na fase posso utilizar no neutro?

    Obrigado...

    ResponderExcluir
  5. Olá Gibson,

    Instalei dois DPS da WEG de 12 ka em minha residência (modelo SPW 275-12), um para a fase e outro para o neutro. Quero saber se está correto, o mesmo que utilizo na fase posso utilizar no neutro?

    Obrigado...

    ResponderExcluir
  6. Olá João Paulo Amâncio,
    Pode, mas existe um DPS, específico para ligar entre Neutro e Terra.
    Acho até que é mais caro.

    ResponderExcluir
  7. Olá João Paulo Amâncio,
    Pode, mas existe um DPS, específico para ligar entre Neutro e Terra.
    Acho até que é mais caro.

    ResponderExcluir