domingo, 17 de agosto de 2014

Como testar um DPS ?

Olá amigos e leitores do Blog do Gilson Eletricista.

Outro dia me perguntaram:

Como saber se um DPS está bom ?
Os DPS - Dispositivo de Proteção contra Surtos, vindos externamente pela rede elétrica ou gerados pelo acionamento de grandes máquinas e motores, desviam estes picos de tensão para o Terra ou o Neutro em uma instalação TN-c.

Ele só atuará quando a tensão de entrada ultrapassar 175 volts, no caso de DPS instalados em circuitos elétricos com 127 volts, ou quando a tensão de entrada ultrapassar 275 volts, no caso de DPS instalados em circuitos elétricos com 220 volts.

Posso testar com um ohmímetro ?
Este teste só te mostrará que o DPS não está danificado ou com defeito.

Colocando o múltímetro na escala mais alta do ohmímetro, coloque uma ponteira em um borne e a outra ponteira no outro borne.

O visor deverá marcar circuito aberto.

Como funciona o Varistor dentro de um DPS ?
Um varistor de oxido metálico é um resistor que tem o seu valor resistivo dependendo da tensão a ele aplicado.

A tensão estando abaixo da tensão do DPS, apresentará um valor resistivo infinitamente alto.

Ao atingir ou superar a tensão do DPS, este valor resisitivo diminui, em nano segundos, para zero.

Os DPS possuem algum indicativo do seu estado ?
Sim.

Algumas marcas utilizam Led bicolores:

Apagado: Indica que está faltando a Fase correspondente.
Verde: Funcionamento normal e Fase presente.
Vermelho: Indica que o varistor foi destruído e deverá ser substituído.

Outras marcas utilizam uma janela com dizeres:
Ativo ou normal.
Queimado ou substituir.

Outras marcas, têm até um contador digital do número de surtos desviados e são bem mais caras.

Qual a capacidade de condução em ampères de um DPS ?
10 Ka = 10.000 ampères.
12 Ka = 12.000 ampères.
13 Ka = 13.000 ampères.
15 Ka = 15.000 ampères.
20 Ka = 20.000 ampères.
40 Ka = 40.000 ampères.
70 Ka = 70.000 ampères.

Por quanto tempo um DPS consegue conduzir estes surtos ?
Para todas as capacidades, no máximo por 20 micro segundos.

Se o surto ultrapassar este tempo, o DPS se destruirá e deverá ser substituído.

Eu gostaria de fazer um teste real do funcionamento do DPS.  Como Fazer ?
Eu nunca precisei fazer este teste, porque confio e só compro DPS de marcas conceituadas, como a Clamper, a PW, a Steck, a Exatron, a Siemens e a Alumbra.

Dica:
Em uma bancada ou mesa, reuna os seguintes materiais:
1 auto-transformador pequeno ou de qualquer capacidade, de 127 volts para 220 volts.
1 lâmpada de teste incandescente de 60w 220 volts com bocal e rabicho.
1 DPS de tensão de 175 volts.
1 disjuntor Din de 6A.
1 interruptor pulsador (campainha).

Alimente o auto-transformador com 127 volts, através do disjuntor de 6A.

Na saída do auto-transformador com 220 volts, coloque o interruptor pulsador em série com um dos fios.

No outro extremo do interruptor, ligue ao borne do DPS.

No outro borne do DPS, coloque a lâmpada de prova em série até o Neutro.

Ligue o disjuntor e dê um rápido toque no interruptor pulsador.

Como a tensão que está chegando no DPS está acima de 175 volts, ele atuará e conduzirá a tensão de 220 volts para a lâmpada de prova e elea deverá piscar com brilho máximo.

Repetindo o teste e desta vez sem o auto-transformador, com 127 volts, a lâmpada não acenderá ou piscará.

Para testar DPS com 275 volts, você deverá alimentar o auto-transformador com 220 volts, na entrada de 127 volts e obterá uma tensão de sáida acima de 400 volts.

Restante do procedimento igual.

Comentário Pessoal:
Quem dispuser de um Varivolt, poderá fazer um teste bem mais preciso, não esquecendo de limitar a corrente que circulará neste circuito no momento do pulso do interruptor.

Se alguém tiver uma outra idéia, favor descrever no campo dos comentários.



Autor do texto e comentários: Gilson Carlos Pessanha          MyFreeCopyright.com Registered & Protected


Visite e curta a minha página no facebook/GilsonEletricista

Um comentário:

  1. Fiz uma instalação de dps e IDR seguindo esquema elétrico do fabricante porém a luz verde do dps não acende o q devo fazer

    ResponderExcluir