domingo, 17 de janeiro de 2016

O lustre entrou em curto-circuito. O quê fazer ?

Olá nobres amigos e iluminados leitores do Blog do Gilson Eletricista.

Cliente me ligou às 23:00 hs, para relatar um curto-circuito ocorrido no lustre da sala.

Quase não conseguia ouvir a ligação e marquei para o dia seguinte.

Eu nessa hora estava relaxando a mente, na Churrascaria Gaúcha e curtindo as boas musicas dos anos 60, 70 e 80.





A animação do baile era feita por dois Vjs.

Um Vj é um discotecário que coloca os discos e no telão, passam as imagens da banda ou cantor do disco.

Haviam em torno de 600 pessoas e o som tremia até o piso.

Será que foi por isto, que eu não conseguia ouvir o celular ?

O lustre entrou em curto.
Como numa consulta médica, o eletricista deverá fazer uma série de perguntas:

Quando aconteceu este curto ?
Foi após o pintor recolocar o lustre.

E como aconteceu o curto ?
Após colocar as lâmpadas, fui ao interruptor e ao ligar deu um estouro lá no lustre e o disjuntor desarmou.

E o quê a senhora fez ?
Desliguei o interruptor e rearmei o disjuntor e não mais mexi no interruptor.

O quê fazer ?
Antes de fazer qualquer coisa, desligar o disjuntor.

Temos de verificar se o curto está nas ligações dentro da caixa de luz ou nas fiações do lustre.

Para isto cortei os dois fios junto ao lustre e testei com um multímetro se havia continuidade entre estes fios e entre cada fio e o corpo do lustre.

Este trecho estava normal e não havia a necessidade de retirar o lustre instalado.

Fiz os mesmos testes nos fios do lustre e estes também não apresentaram curto.

Mas, o curto aconteceu e pela explosão, algo arrebentou.

Retirei uma lâmpada de cada vez do bocal e examinei e reapertei os parafusos.

Ao retirar a última lâmpada, notei que a rosca estava furada e escurecida pelo curto ocorrido.

Ao olhar para dentro do bocal, encontrei a causa do curto-circuito.

Uma lâmpada anteriormente queimada foi substituída por outra nova.

Porém um pedaço de metal do fundo da rosca, ficou dentro do bocal.

Com a retirada do lustre para pintura e limpeza, este pedaço solto foi movimentado e entrou em contato com a rosca da lâmpada.










Dicas:
- Se você não é um eletricista, desligue o disjuntor para trocar uma lâmpada.

- Após trocar a lâmpada, religue o disjuntor e acione o interruptor do lustre, ligando e desligando rapidamente.
Se não ocorreu nenhum barulho e as lâmpadas acenderam, não há curto-circuito.

- Se o lustre é antigo e valioso, contrate um eletricista para trocar as fiações e bocais do lustre ou contrate um eletricista para retirar o lustre, levar o lustre para ser restaurado, polido ou cromado, trocar fiações e bocais e após reinstalar o lustre.

- Quando for trocar alguma lâmpada ou a sua faxineira for limpar, não gire o lustre.
Posicione a escada e não torça o lustre, pois os fios elétricos serão torcidos e a possibilidade de um curto-circuito é grande.



Autor do texto e das fotos: Gilson Carlos Pessanha        MyFreeCopyright.com Registered & Protected


Siga me no Google+ Gilson Carlos Pessanha

Dica:
Para quem mora em São Gonçalo do Sapucaí - Minas Gerais - Brasil, este é um excelente eletricista e técnico em informática.









Nenhum comentário:

Postar um comentário