quarta-feira, 10 de fevereiro de 2016

Canaletas adesivadas da Schneider Eletric

Olá nobres amigos e iluminados leitores do Blog do Gilson Eletricista.

As canaletas são utilizadas para instalações elétricas, de forma externa e sem quebra-quebra nas paredes, pisos e tetos.

Já conheço e utilizo estas canaletas há mais de 30 anos.

A primeira marca lançada no Brasil foi a Pial Legrand Sistema X.

Porém estas não eram adesivadas e sua fixação era feita com a utilização de pregos de aço ou buchas e parafusos.

Modernamente, a rapidez e a não destruição de azulejos, se faz necessária com a utilização das canaletas adesivadas.

Em quais superfícies a aderência não é boa ?
Estas recomendações são baseadas em minhas experiências de muitos anos nesta profissão de eletricista residencial.

- Superfícies engorduradas ou com pó.

- Azulejos com alto relevos.

- Paredes pintadas com tinta à base de água.

- Paredes com aplicação de papel de parede.

- Carpetes.

Nestes casos acima, a gordura deverá ser totalmente retirada, assim com o pó.

Nos demais casos será necessário a utilização de pregos de aço ou buchas e parafusos.

Pode ser pintada na mesma cor da parede.

Qual a melhor marca de canaleta adesivada ?
Sem dúvida a da marca Schneider Eletric.

Material de altíssima qualidade.

São protegidas com filme de plástico.

Não amarelam.

Não ressecam.

Possuem abas internas para evitar que os cabos se desalojem.

A conexão da tampa com o fundo é firme e não solta.

Espuma adesivada de alta qualidade e aderência.

Dica:
Para assistir este vídeo, vá até a lateral direita da página do Blog e pause o Tocador da Rádio Anjo de Luz.





Recomendo só remover este filme protetor após a colocação ou após o término das pinturas.


Amplo espaço interno, para cabos elétricos flexíveis, cabos de rede, telefonia ou cabos de vídeo.

Para sinais diferentes e elétrica, utilize as canaletas com divisórias, para evitar interferências.


Autor do texto e das fotos: Gilson Carlos Pessanha        


Siga me no Google+ Gilson Carlos Pessanha

Nenhum comentário:

Postar um comentário